Publicado por: Psico.Indie | agosto 16, 2008

Instalando Mandriva usando um pendrive

Essa dica pode ser usada para instalar qualquer versão do Mandriva pela internet, por um servidor http ou ftp local, ou até mesmo se você tiver os pacotes rpm em seu disco rígido. Aqui levo em consideração que a unidade do seu pendrive é /dev/sda1. Como o kernel emula dispositivios flash como SCSI, se você tiver algum disco SCSI talvez sua unidade possa variar (de sda para sdb por exemplo). Modifique pra a unidade do para a sua correspondente. Todos os comandos aqui, exceto o download, devem ser executado como root.

Obtendo a Imagem

A primeira coisa a ser feita obviamente é baixar a mini iso (all.img).

Um exemplo caso você queira baixar a ultima versão em desenvolvimento (Cooker, 2009 Beta 1):

wget -c ftp://distrib-coffee.ipsl.jussieu.fr/pub/linux/MandrivaLinux/devel/cooker/i586/install/images/all.img

Ou, caso queria a útima versão estável (2008.1):

ftp://distrib-coffee.ipsl.jussieu.fr/pub/linux/MandrivaLinux/official/2008.1/i586/install/images/all.img

Preparando o pendrive

Para descargo de consciência e para aumentar a chance de tudo dar certo, vamos formatá-lo:

# mkfs.vfat -c -v /dev/sda1

Conceitualmente o boot por um pendrive é igual a de um disco rígido comum dês de que a BIOS da sua placa mãe dê suporte ao boot pelo mesmo. Além disso, vamos verificar se ele pode ser “bootado”:

Execute:

# fdisk -l

E veja se a saída que representa o seu dispositivo está mais ou menos assim:

Dispositivo Boot Start End Blocks Id System
/dev/sda1 * 1 247 1983996 b W95 FAT32

Note que onde há “Boot” deve ter um asterisco no marcado. Se não tiver, obviamente o dispositivo não irá dar boot. Caso ele não esteja, vamos torná-lo:

1) # fdisk /dev/sda

2) Use a letra ‘m’ para listar as opções do fdisk

3) Letra ‘a’ para tornar o dispositivo bootável

4) E finalmente a letra ‘w’ para salvar as alterações e sair

O programa que vai tornar seu pendrive bootável é o syslinux. Durante muito tempo ele foi usando para tornar disquetes bootáveis e pode fazer o mesmo com pendrives. Também precisamos do mtools. Instále-os:

# urpmi syslinux mtools

Depois dessa dura batalha, vamos a parte mais difícil:

# syslinux /dev/sda1
# dd if=/usr/lib/syslinux/mbr.bin of=/dev/sda

Pronto, seu pendrive é bootável. Agora só falta dar algo pra ele dar o boot.

Copiando os arquivos da imagem para o pendrive

Pra finalizar basta montar a iso que você baixou e copiar para o seu pendrive:

# mount -o loop,ro,noatime all.img /mnt

# mount /dev/sda1 /media/sda1

# cp -a /mnt/* /media/sda1

# sync

# umount /mnt

#umount /media/sda1

Se lhe for perguntatado se você deseja sobrescrever o arquivo ‘ldlinux’, responta ‘n’.
Isso é tudo.

About these ads

Responses

  1. […] por Rafael Reuber (psico·indieΘgmail·com) – referência […]

  2. Qual o tamanho da mini ISO? Quando baixei, eu esperava no mínimo 100M, mas vieram só 11,58M. É isso mesmo?

  3. Sim, é isso mesmo 11Mb. Essa mini ISO tem apenas o programa de instalação que fará a conexão com o servidor para baixar os arquivos e instalar.

  4. É mais ou menos isso mesmo. Eu ia fazer a instalação toda pela internet, mas ia demorar um pouco. Tinha baixado a iso do cooker 2009 Beta 1 (mais ou menos 600Mb), montei essa iso e copiei o seu conteúdo pra um diretório.

    Dei boot pelo pendrive e ele perguntou a fonte de instalação (http, ftp, hd, cd-rom etc…), selecionei a opção por hd e em seguida informei a partição e o diretório que eu descompactei o conteúdo da iso.

    Quase no fim da instalação, ele pergunta se eu desejo configurar mais alguma mídia de instalação. Como a versão em desenvolvimento é atualizada a todo instante, disse que sim e escolhi um ftp daqui do Brazil pra atualizar os pacotes.

  5. É legal pra quem quer instalar naqueles laptops de baixo custo que não existe drive de cdrom.

  6. não consigo de jeito algum. pode me ajudar?

  7. Sim, qual é o problema?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: